Troca de curtidas – essa estratégia vale a pena?

despertando borboletas troca curtidas

Você sabe qual é a primeira coisa que a maioria das pessoas faz ao criar um perfil para divulgar o trabalho?

Acertou se respondeu que é: convidar os parentes, amigos, vizinhos, cachorro, enfim, todo mundo pra seguir ou curtir.

Eu sei disso, pois fiz a mesma coisa há alguns anos… Eu também vivi a ansiedade que bate no peito quando você cria uma página e ninguém te segue! Você atualiza, atualiza, atualiza e nada de chegar uma notificação de novos seguidores!

E como você sabe que as pessoas mais próximas vão te seguir porque gostam de você, a tendência é convidá-las mesmo, para gerar um movimento.

Eu percebo que uma das medidas de sucesso de muitos empreendedores iniciantes é ter um alto número de seguidores.

Não é à toa que um dos posts mais comentados nos grupos de empreendedorismo é o famoso: Troca de Curtidas, no qual a pessoa compartilha sua página ou perfil e segue as demais.

Só que tem um probleminha aí… Quantidade não quer dizer qualidade!

Os algoritmos das redes sociais estão sempre mudando e a entrega orgânica (sem impulsionar) está cada vez menor!

Um dos critérios usados para aumentar a entrega orgânica é a relevância. Se seu conteúdo teve bastante curtidas, comentários e compartilhamentos, as redes sociais entendem que ele é relevante e o entrega para um número maior de pessoas.

Caso contrário, apenas uma parcela pequena dos seus seguidores verão seu o post.

Agora imagina que grande parte de seus seguidores são pessoas que gostam de você, mas não tem interesse algum no que você faz.

No começo eles podem até interagir com os posts, mas por você e não pelo seu trabalho.

A tendência é que, com o tempo, a novidade vire lugar comum e essas pessoas não interajam mais com seus conteúdos, simplesmente porque não interessam a elas.

Ou seja, você tem um trabalhão para criar as postagens, as publica e elas caem num limbo digital.

Fora isso, do que adianta ter um monte de seguidores, se eles não são potenciais clientes?

É melhor ter uma base menor, mas que você impacta com qualidade e consegue gerar mais oportunidades de negócio!

Ou seja, ter muitos seguidores traz autoridade e pode alavancar as vendas?

SIM, desde que sejam seguidores que acreditam em você e tenham interesse no que você faz e em seu conteúdo.

Então, amiga, seja criteriosa na criação da sua audiência e cuidado com as promessas de ganhos rápidos de seguidores.

Agora eu quero saber de você:

  • Como você tem trabalhado seu posicionamento nas redes sociais?
  • Como está o engajamento nos seus posts?
  • Seus seguidores veem relevância no seu conteúdo?
  • Que melhorias você pode implementar a partir do que falamos nesse post?

Compartilha comigo nos comentários!