Será que isso tá rolando com você?

despertando borboletas sera que isso ta rolando_h

As pessoas têm dificuldade de abandonar seus sofrimentos. Por medo do desconhecido, elas preferem sofrer com o que é familiar

Thich Nhat Hanh

Parece loucura, né?

Mas é o que acontece com muitas mulheres que querem investir seu tempo e talentos em algo próprio, mas, pelo medo do novo, acabam estagnadas num trabalho que não traz realização alguma!

Elas sentem que a organização limita o uso de todo o seu potencial e ficam frustradas com isso.

A conduta da empresa vai contra seus princípios e elas não se sentem pertencentes aquele ambiente.

Elas gostariam de fazer parte de algo maior, algo significativo.

Elas querem poder fazer aquilo que amam e, com isso, impactar positivamente a vida das pessoas.

Elas querem terminar o dia com a sensação de missão cumprida, de que fizeram a sua parte!

E o que as impede? O medo!

Medo de fracassar, do que os outros vão falar, de perder o investimento, de largar tudo para começar do zero.

O que elas não sabem é que esse medo só existe porque elas ainda não tem clareza e direcionamento! Elas não sabem quais passos devem ser dados. Elas não têm um plano de ação.

É possível ter certeza de que tudo vai acontecer conforme o planejado? Claro que não!

Mas é possível mapear o máximo de cenários possíveis para se precaver e, sobretudo, trabalhar sua autoconfiança e inteligência emocional para lidar com imprevistos.

Afinal, se existe uma coisa que é certa é que: imprevistos acontecem!

No fim das contas, assumir o risco é o preço que se paga para sair de uma vida morna para outra com muito mais tesão!

Mas se é possível minimizar o risco, o preço pode não ser tão alto assim.

Cabe a cada uma delas escolher o que prefere para sua vida.

O que você escolhe para a sua?